Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL: Poder Público é obrigado a adotar processo adminis...

Poder Público é obrigado a adotar processo administrativo eletrônico
Consultor Jurídico     -     26/03/2016



Por meio do Decreto 8.539, de 8 de outubro de 2015, o governo federal tornou obrigatória a tramitação eletrônica de documentos nos órgãos e entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional. Os órgãos mencionados terão até o próximo dia 8 de abril de 2016 para apresentar um cronograma de implementação da tramitação exclusivamente eletrônica de processos administrativos ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.
A partir dessa data, terão o prazo de um ano e meio para executar o plano apresentado. As instituições que já utilizam processos eletrônicos terão dois anos e meio para realizar as adequações necessárias.
Entre os principais objetivos do decreto estão: assegurar a eficiência, a eficácia e a efetividade das ações governamentais; realizar os processos administrativos com mais segurança, transparência e economia; ampliar a sustentabilidade ambi…

Bibliotecários contra o Golpe

Gestores das Ifes devem se comprometer com acesso e confiabilidade de arquivos, diz pesquisador da Universidade de Santa Maria (Prof. Dr. Daniel Flores/Grupo CNPq UFSM Ged/A)

Fotos: Foca Lisboa/UFMG
Gestores das Ifes devem se comprometer com acesso e confiabilidade de arquivos, diz pesquisador da Universidade de Santa Maria Prof. Dr. Daniel Flores/Grupo CNPq UFSM Ged/A sexta-feira, 28 de novembro de 2014, às 8h54 Já vai longe a época em que o papel era o único suporte para a produção de documentos institucionais, mas a gestão arquivística dos acervos digitais ainda representa um desafio a ser enfrentado. “O arquivo digital trouxe uma complexidade que precisa ser considerada”, alerta o professor Daniel Flores, do Departamento de Documentação da Universidade Federal de Santa Maria (RS), naconferência de abertura do 2º Fórum Regional de Arquivistas das Instituições Federais de Ensino Superior (Arquifes) da Região Sudeste, que termina nesta sexta-feira, 28, na Escola de Ciência da Informação.

Nesta entrevista ao Portal UFMG, Flores fala sobre as especificidades dos acervos em época de transição do papel pra outros suportes, e avalia a capacidade das Ifes de aten…

Manutenção da Autenticidade, Confiabilidade e Fonte de Prova dos Documen...

Manutenção da Autenticidade, Confiabilidade e Fonte de Prova dos Documentos Arquivísticos Digitais com o Prof. Dr. Daniel Flores da UFSM
Grupo CNPq UFSM Ged/A - Documentos Digitais

Publicação para leitura

Arquivisticamente falando, Conheça o SEI (Sistema Eletrônico de Informações), um Sistema de Gestão de Processos fantástico, mas cuidado, não é um Sistema de Gestão de Documentos ou um SIGAD de acordo com o e-Arq Brasil do Conarq.

Arquivisticamente falando, Conheça o SEI (Sistema Eletrônico de Informações), um Sistema de Gestão de Processos fantástico, mas cuidado, não é um Sistema de Gestão de Documentos ou um SIGAD de acordo com o e-Arq Brasil do Conarq.
https://www.youtube.com/watch?v=8c1RdDzpeTw

História - Centros de Memória - Ana Maria de Almeida Camargo

Centros de memória: uma proposta de definição. A professora explica o que são e qual a função estratégica dos centros de memória - uma definição nova que abrange os organismos dedicados a preservar e organizar informações para consulta futura, em empresas, governos, organizações.



Boletim Conexões 2016 - Preservação de documentos

A preservação de documentos em formato digital é uma preocupação crescente de empresas e instituições. Para ser bem sucedido, esse processo precisa ser realizado de forma ordenada e obedecendo questões fundamentais de segurança.
Com: Prof. Daniel Flores/UFSM
Fonte: TV da UFG - Universidade Federal de Goiás