terça-feira, 17 de abril de 2018

TJPE promove curso de Gestão de Documentos em Ambiente Digital - Notícias TJPE - TJPE

TJPE promove curso de Gestão de Documentos em Ambiente Digital - Notícias TJPE - TJPE:


Estudantes em frente a computadores, aprendendo a digitalizar processos
Atividade foi realizad através de parceria entre TJPE, IFPE, UFPB e UFSM
A segurança e o armazenamento de documentos em meio eletrônico foram temas do curso “Gestão de Documentos em Ambiente Digital”, promovido pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), por meio do Memorial da Justiça e da Escola Judicial (Esmape). Servidores do Judiciário estadual e integrantes do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e da Tangram Cultural participaram da formação realizada na primeira semana de abril. O objetivo foi trazer um novo referencial do arquivo digital, de acordo com as normas e requisitos estabelecidos pela resolução 43/2015, do Conselho Nacional de Arquivos.
Profissionais do grupo de pesquisa Gestão Eletrônica de Documentos Arquivísticos (Ged/A), da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), os professores Daniel Flores e Sérgio Rodrigues apresentaram o funcionamento de softwares que gerenciam os repositórios digitais. Esses conjuntos são bases de dados online que armazenam de maneira segura e organizada a produção e o acervo de uma instituição.
Para o professor Daniel Flores, a produção do processo judicial eletrônico deve ser realizada dentro de uma cadeia de gestão que possibilite o recolhimento posterior para um ambiente seguro de preservação. Para isso, são utilizados programas que atendem a normas internacionais de segurança. “As normas devem ser adotadas por cada instituição, utilizando-se de diversos modelos de ferramentas disponíveis atualmente. Ela pode se utilizar de um software livre, utilizando um sistema especializado de tecnologia da informação, ou mesmo contratando um sistema de software pago por meio de licitação, por exemplo. O próprio Tribunal vai decidir os meios utilizados, tudo com base na legislação”, explicou.
O servidor Marcelo Lima, do Núcleo de Segurança da Informação da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic), explica que o processo de arquivamento nos moldes legais vem sendo implantado no TJPE. “Hoje o Tribunal já possui um ambiente com as ferramentas que estão sendo apresentadas aqui no curso, disponíveis para o Memorial da Justiça, com possibilidade de realizar o arquivamento dos documentos dentro dos critérios de segurança. Estamos nos capacitando para que a Setic tenha condições de prestar um suporte mais específico em relação sistema”, declarou.
.....................................................................................................................
Texto: Amanda Machado | Ascom TJPE
Foto: Antônio Santos | Ascom TJPE